Religioso e político, Olímpio de Melo nasceu em 1886, na vila Floresta do Pajeú, saindo para fixar residência no Rio de Janeiro, onde foi vigário e vereador.

Em 1937, foi nomeado prefeito do então distrito federal. Morreu em 1977.