Localizada na mesorregião do Agreste Pernambucano, a Região de Desenvolvimento do Agreste Setentrional tem uma área de 3.544,5 Km² e é formada por 19 municípios onde, segundo o Censo 2010 do IBGE, vive uma população de 526.905 habitantes, sendo 348.860 habitantes na zona urbana e 178.045 habitantes na zona rural.

Os municípios mais populosos são Santa Cruz do Capibaribe, com 87.538 habitantes, e Limoeiro, com 55.574 habitantes.

A economia do Agreste Setentrional tem como principal atividade a produção de confecções e artefatos de tecido, sendo que a produção regional representa 73% de tudo o que é produzido pelo setor no Estado. Outras atividades importantes são o cultivo de frutas, hortaliças e cana-de-açúcar, a produção de móveis e o turismo.

Por municípios, os destaques da região são os seguintes:

Em Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Taquaritinga do Norte, predomina o setor de vestuário; Passira e Salgadinho destacam-se pelos bordados artesanais; em João Alfredo, a fabricação de móveis em madeira; São Vicente Férrer é o segundo maior produtor estadual de frutas, com 9,32% de todo o setor.

No artesanato, tem destaque na região a confecção de bordados artesanais.

Índice de desenvolvimento humano - O IDH do Agreste Setentrional é de 0,636, inferior ao de Pernambuco que é de 0,705. Entre os maiores índices estão os de Santa Cruz do Capibaribe (0,698), Limoeiro e Taquaritinga do Norte, ambos com 0,688.

Municípios: Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Vicente Férrer, Surubim, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertente do Lério e Vertentes.